Total Pageviews

Friday, February 09, 2018

Na repartição

Eu sei que eu já havia decidido nunca mais pegar elevador aqui. Mas outro dia, depois de um treino de pernas especialmente massacrante, tive que me utilizar deste para conseguir me locomover, apenas para descer.
Entra comigo um engenheiro, com quem não tenho nenhuma, repetindo: NENHUMA intimidade. Ele sorri para mim, coça um pouco o ouvido e me diz:
- Estou produzindo tanta cera que poderia até abrir uma fábrica de velas!

Sorrio de desespero e saio correndo, assim que o elevador se abre, para chorar no cantinho.

PRA QUE, Brasil?

No comments:

Blog Archive