Total Pageviews

Tuesday, January 16, 2018

A retomada da doação

Eu gosto muito da experiência de doar sangue, mas em 2014, lembro nitidamente que fui barrada na entrevista, por ter "comportamentos sexuais de risco" - veja bem, quem dera eu ser essa sex machine que o HEMOSC identificou, mas o fato foi que meu sangue nem foi tirado.

Revoltada, fiquei todos estes anos sem aparecer, e no início desse ano, resolvi tentar novamente - ainda que tatuada e promíscua, para os padrões do HEMOSC. 

Alvíssaras: agora meu sangue é bem-vindo, posso doar novamente, embora tenha sido barrada nas plaquetas por motivos de peso: tem que ter 62kg no mínimo.

Doei na semana passada, e de lambuja, para comemorar, fui ao cinema assistir Extraordinário, pagando a meia-entrada, benefício que os catarinas têm por Lei Estadual. 

É sempre uma experiência interessante, gratificante, e sempre me pego pensando que gostaria de trabalhar num lugar assim, com aquele astral. 
Só que pra isso, teria que ser servidora pública estadual, e se já é ruim a vida de barnabé federal, ivagina aos sabores do governo do Estado.

1 comment:

Nanda Silva said...

infelizmente eu não posso doar devido as cirurgias que já fiz na vida :( linda ação.

Blog Archive