Total Pageviews

Tuesday, June 06, 2017

Apenas uma história antiga largada ao acaso

Em uma viagem qualquer a Buenos Aires, com amigas, fomos a um boliche (é assim que chamam boate) em Palermo após um jantar delicioso. Haviam várias casas pelo bairro, e ao acaso escolhemos uma que a promoter nos indicou que somente o nosso amigo (homem) pagaria um ingresso barato, nós não pagaríamos nada (5 meninas), e todo mundo ganharia una copa de espumante.
Achamos um ótimo custo-benefício, meiamos o ingresso do Beto e entramos.
Só que todo mundo já tinha jantado, bebido e saído na noite anterior e estávamos bastante cansados.
Ficamos um tempo, dançando as cumbias (que acho ótimas) e um pouco de pop início dos 2000 (que também acho ótimas) e começamos a insistir para ir embora.
Apenas uma amiga minha não quis ir. Mas quando viu que todo mundo iria, recolheu os vale-espumante de todos nós e saiu do balcão do bar com 4 taças nas mãos. 
Dizendo que se ganhamos espumante de graça, ela não iria perder essa oportunidade e iria beber todos, mesmo que correndo. Engoliu o mais rápido possível enquanto a gente ia saindo do estabelecimento.
Nesse dia, eu soube algo sobre essa pessoa, que na minha visão, definiu como ela é.

Blog Archive