Total Pageviews

Monday, October 24, 2016

De férias

Não, eu não estou de férias da repartição.
Eu estou de férias de uma pessoa da repartição desde sexta-feira, quando ela vazou de folga e hoje resolveu folgar outra vez.
E aí eu percebi que estava me sentindo mais leve, mais tranquila, bem menos desmotivada... E curiosamente, percebi que o entorno estava se sentindo igual.
Não, não é chefia nem patronal - é comedor de ratazana igual todo mundo. Mas tem esse poder, esse poder de transformar negativamente seu entorno ("é o meu jeito!") e de melhorá-lo ao se retirar. Conhecem alguém assim?
Olhem para suas amizades, familiares, e para seus círculos no trabalho. É quase impossível não carregar uma pessoa dessas em algum dos círculos. 
Essa sensação tão boa, de não ter que lidar com a pessoa, está me fazendo sentir como se estivesse de férias!
Apenas por auto-preservação, me ocorreu ter uma política diferenciada para me manter de férias da pessoa pelo máximo de tempo que puder.
Nós nos encontramos apenas por 2-3h todos os dias, mas é suficiente para me azedar. Crio cuidadosamente formas de diminuir este tempo. Continuarei fazendo. Todos os dias, é o mesmo estratagema. Pensar formas de diminuir o tempo de convivência com a pessoa.
Isso me cansa, e é por isso que hoje me sinto como se estivesse de férias!

1 comment:

Nanda Silva said...

Então, e como exitem pessoas assim viu, preciso destas férias de várias delas viu e nem sei por onde começar, trabalho ou família. Beijo

Blog Archive