Total Pageviews

Wednesday, July 13, 2016

Um dia complicado

Acordei hoje com o singelo plano de ir até um lugar novo no centro comprar umas comidinhas saudáveis, com meu VA que cai hoje. Cheguei até a pedir uma hora de folga para isso.
Ao ligar o chuveiro, descubro que não tenho mais chuveiro quente. Tomei um banho gelado, cabelo e tudo, e já reestruturo os planos, incluindo a compra do chuveiro na rota. Não levo o cãozinho para passear, pensando em voltar cedo. Ao virar a chave na rua, cai o controle no chão, a argola estava frouxa e não segura mais o molho satisfatoriamente.
Vou até o centro da cidade, estaciono dentro do Angeloni da Rio Branco, em frente ao local que quero ir. Rapidamente percebo que deveria ter conferido o horário, pois o local abre somente 11h30. São 9h21.
Entro no Angeloni e compro algumas coisas, pois se você não compra, não pode estacionar. Sem problemas, aproveitei e vi preços de chuveiros, mas decido comprar no Bistek que em geral é sempre mais barato.
Ao virar a esquina de casa, uma chuva fina e persistente me dá notícias de que o cãozinho ficou sem passeio, por razões de chuva. Essa semana ainda estou sem a guia dele. Entro na garagem, pensando em ir trabalhar no horário normal e sair uma hora mais cedo, para resolver o chuveiro e comprar as coisas que queria.
Penso melhor. Hoje ainda queria iniciar uma ciclagem diferente na prescrição de jejum intermitente que tenho, e resolvo ir até o Bistek comprar o chuveiro, daí já trocaria de manhã e ainda prepararia um almoço correto. 
Chegando lá, percebo que o chuveiro está extraordinariamente mais caro que no Angeloni. Cancelo as outras coisinhas que comprei, apenas coloco créditos no celular e rumo ao Angeloni de Capoeiras. 
Não tem o chuveiro que vi na Rio Branco, mas tem equivalente. Compro junto de alguns outros produtos para o almoço, mas já perdi a hora que havia ganho na vantagem. Essa baldeação pelo chuveiro roubou os meus minutos. 
Chego em casa, suando já, deixo cair alguns objetos e os braços já estão doloridos. O cãozinho está ganindo de agonia, mas a chuva passou. Quando termino de me arrumar, no entanto, está na hora de sair.
Negocio com ele que me espere, chego na repartição e me estabeleço, minha nova chefe (Lara Croft agora é minha chefe, mas isso conto outro dia) sai para almoçar com 10min de antecedência. Me aproveito disso, pego a chave capenga e vou para casa.
Preparo meu almoço correndo, uma simples salada de atum, um suco com chia e como. A cozinha que havia arrumado ontem, está uma bagunça outra vez, os objetos despencando um sobre o outro. Mas estou bem alimentada. Preparo a alimentação da tarde, e levo o cãozinho para um fugaz passeio apenas pela praça, para aliviar a bexiguinha. Subo correndo, preparo um bulletproofcoffe, e engulo.
Pego as coisas que preparei e saio novamente porta afora, esbaforida, com calor (mesmo no frio que faz) e venho me sentar aqui nessa cadeira de onde relato essa correria estabanada de hoje.
Pesam sobre mim ainda uma tensão nos ombros, um certo peso no corpo, uma dorzinha estranha no pé. 
Mas a despeito de tudo isso, tenho também uma firmeza no temperamento de quem não pode se deixar abater. Essas coisas acontecem, e honestamente são muito poucas e pequenas para me roubar o otimismo. 
Preferi hoje pensar que há semanas andava insatisfeita com o chuveiro, assim, hoje selecionei um que promete ser mais intenso e agradável. Que agora, já sabendo o exato horário em que a loja funciona, poderei ir lá amanhã, tranquilamente. Para minha sorte, hoje não estava tão frio quanto há um mês atrás, então foi possível tomar meu banho, mesmo que frio.
O resto é apenas detalhes. Que são insignificantes no contexto de uma vida toda, e jamais deveriam ser bastantes para estragar um dia inteiro nosso. 
Nem sempre consigo ter essa forma de ver as coisas - hoje estou tendo e achei por bem fazer o registro. 

4 comments:

Fernanda said...

Nossa, eu fico sem tomar banho o tempo que for. Simplesmente não consigo entrar num chuveiro frio. Pode estar o calor dos infernos, ainda assim, não consigo.

Cristiano said...

Estava pensando isso vindo ao trabalho, por causa da minha psoríase eu tomava banho mais frio conforme ela foi melhorando eu fui esquentando a temperatura do chuveiro. O que é um risco, já que água quente resseca a pele. ?Estou precisando diminuir a temperatura. Falta coragem.

E pq vc preferiu trocar o chuveiro e não somente a resistência?

Look Day said...

Por conta do frio estou tomando banhos muito quentes, o meu dermatologista briga comigo por conta disso, já no verão adoro banho gelado.

Beijos

andrebreitinger said...

Seu blog eh irado !!

Blog Archive