Total Pageviews

Friday, February 26, 2016

Saudades imateriais

Eu percebi no sábado passado, mas fingi que não era comigo. Quando passou a anoitecer próximo de 19h outra vez, eu sabia que todas as promessas de aproveitar este verão ao máximo, de ver as pessoas, de fazer exercícios, de comer mangas e melancias, não irão mais se cumprir. Só no próximo verão.
Veja bem, não é que não fiz tudo isso que escrevi acima, é só que no verão, aquela sensação de recomeço nos assola, e eu encontro vizinhos caminhando, encontro pessoas atrás de receitas de suco. Vejo a natureza mais de pertinho, vejo tantas pessoas. 
E por último, mas não menos importante, quando fevereiro termina (na verdade quando Gustavo, um de meus melhores amigos faz aniversário, em meados de fevereiro), já sei que a vida vai mudar novamente. E eu fico com saudades do verão passado... E de um verão em especial.

2 comments:

Liu said...

Eu só fui entender esse sentimento quando morei em um lugar com as quatro estações bem definidas. Apesar de as temperaturas serem bem mais suportáveis durante a maior parte do ano e de, por conta disso, eu poder variar mais meu guarda-roupa - o que era bem legal - percebi que é mais fácil pra mim viver num lugar em que o verão dura o ano quase inteiro.

Andreia B. said...

Aqui pra mim o verão ainda tá longe. Espero que a primavera me traga o ânimo de fazer todas essas coisas. Porque o inverno foi cruel, escuro e frio. Mas sempre temos uma nova estação, uma nova chance. Enquanto respiramos, assim como clima, a possibilidade de mudar é iminente ;)

Blog Archive