Total Pageviews

Tuesday, February 23, 2016

O Carnaval em BH

Notícias não param de dizer que BH finalmente está competitiva com os tradicionais carnavais do interior de Minas, mas me pareceu que compete mesmo é com algo entre Rio e Olinda, só que sem praia, teoricamente sem muita confusão ainda, mas confesso que já me assusta.
Eram dezenas de blocos todos os dias, multidões imensas e a maioria deles começava pela manhã. Os blocos andam, andam desgraçadamente, mesmo estando em Belo Horizonte no sol, o povo anda atrás do bloco.
A estrutura que a prefeitura não forneceu faz com que o som seja insuficiente, a depender do tamanho do bloco, os que fui não contava com muito policiamento (não que eu queira, apenas me chamou a atenção eles não investirem nisso), os banheiros químicos estiveram dignos - dentro do que era possível considerando que é um banheiro químico.
As cervejas se mantinham geladas durante todos os dias nos mais variados pontos.
Acho um saco gente que fica falando mal do Carnaval, porque é um feriado, caceta! Se não curte Carnaval, instala o Netflix, pede uma pizza e vai botar as séries em dia. Mas reconheço que em BH não era possível circular pela cidade sem que o Carnaval te invadisse, especialmente no transporte público - era incrível e divertido ver hordas de pessoas maquiadas, fantasiadas, falando alto e dançando no metrô. 
Mas pude constatar que não gosto desse estilo de Carnaval agigantado, me sinto meio na roubada. Gosto de ir em um bloco ao dia, de porte pequeno, onde eu possa transitar com maior facilidade, mas também aliviar o calor indo à praia e de preferência quando anoitece! 
Fica como lição para os próximos anos: Carnaval vai ser aqui mesmo, e deixo para visitar BH em meses mais frios.

No comments:

Blog Archive