Total Pageviews

Monday, January 18, 2016

Filme: Coco Before Chanel




Meta nova para 2016: 52 filmes inéditos e 24 livros também inéditos. As demais metas, ainda preciso dar uma editada para ver se é possível compartilhar no blogue.
Comecei assistindo esse que estava fácil no Netflix, sobre a vida de Gabrielle pré-sucesso.
Passa rapidamente pela infância num abrigo de crianças, e logo já mostra sua fase adulta-jovem, trabalhando dia e noite. 
Achei o filme todo muito seco, se é que se pode chamar assim um filme: a maneira crua, desrespeitosa com que as mulheres eram tratadas (tanto no cabaré como nos palácios de verão) é um pano de fundo interessante de se analisar. 
Mas apesar disso, fiquei com a incômoda sensação de que o maior interesse por trás dessas cenas não era criticar o colocado, e sim, reafirmá-lo. Um dos personagens mais odiosos da história termina redimido, e nem sei se não permaneceu em sua vida em definitivo logo após a morte de seu primeiro amante/amor.
Não gostei da centralidade que se dá para os homens da vida de Coco. A centralidade que esse primeiro romance acaba tendo no filme.
Algumas cenas têm uma beleza inacreditável. Os referenciais estéticos de Coco aparecendo, a sua blusinha listrada, muito preto, também é muito interessante. 
Mas de forma geral, achei o filme mediano, para não dizer medíocre. Aceito indicações de bons tesouros ocultos pelo Netflix!

2 comments:

Não importa said...

Eu tbm ando aceitando recomendações de filmes. Dos novos que estou assistindo, o melhor foi "Perdido em Marte", que é muito, mas muito bom! "Garota Exemplar" e "A Teoria de Tudo" Também são bons. Valem a pena!
Sobre livros novos, está difícil. Eu venho cada vez mais com preguiça de ler...
Acho que a rotina de leitura pesada obrigatória anda me traumatizando. Mas já lei "Amor em tempo de cólera", do Gabriel garcia Marquez? beijos

Fulana said...

Já li, claro! De Gabito absolutamente nada me passou em branco, nem mesmo os livros de contos!

<3

Blog Archive