Total Pageviews

Tuesday, August 11, 2015

O projeto 90/10

Existe uma regra do povo que segue dieta #paleo que propõe o seguinte: que você precisa se manter conforme a sua proposta de dieta durante 80% do tempo, deixando os 20% para eventuais deslizes e adaptar às suas preferências.

Depois de um retorno na nutricionista que foi puro elogio, não só naquilo que me incomodava - meus problemas autoimunes, quando você tem medo de adoecer por qualquer coisinha não se preocupa tanto com a aparência - mas também numa perda considerável de kilos, medidas e gordurinhas, saí de lá com uma proposta um pouco mais difícil de aplicar e para a qual não me dediquei adequadamente, nem em Brasília nem no interior de São Paulo onde passei o final de semana.

Daí que no domingo passei a noite quase toda em claro refletindo sobre diversas situações e tentando antecipar qual seria a minha rotina e os desafios que encontraria para poder não cometer mais nenhum deslize. Como que eu ia chegar dia 19 pior do que quando fui no dia 29? Seria erradíssimo!

Então lembrei que num determinado dia, preocupada com tudo o que me apareceria de tentações para fora da dieta, eu anotei meus compromissos para o dia seguinte, escrevendo inclusive as coisas óbvias: não pegar a sobremesa do buffet, não tomar refrigerante se alguém propor pegar uma garrafa (fazem isso quando almoçamos em vários), etc.

E portanto nessa semana, me comprometi com o seguinte:

- não dividir cerveja nem refrigerante com ninguém da casa;
- tomar somente café com óleo de coco pela manhã, aumentando meu período de jejum intermitente;
- comer somente as frutas de menor carboidrato: abacate, coco, morango e melão;
- evitar as castanhas, as raízes e tubérculos (mas não negar se forem a melhor opção);
- comprar muitos ovos para sustentar os momentos mais críticos;
- preparar gelatina zero para quando todos fossem tomar sorvete, coisa que não posso;
- fechar o nariz no aeroporto, PRINCIPALMENTE quando estou perto da Nutty Bavarian.

Assim, desde ontem, estou conseguindo manter o protocolo passado pela nutri acontecendo. Ainda na sexta-feira terei que renovar alguns compromissos, pois passarei por uma festa na sexta à noite e preciso me cuidar com o que vão me oferecer.  É chocante o tanto que as pessoas comem, o tempo todo, e querem que você coma, o tempo todo. E como aquilo que é considerado saudável, eu não estou podendo, isso tem gerado algumas discussões. Outra coisa chocante: sempre tem alguém pronto a opinar sobre a sua alimentação, mesmo sem você pedir ou mesmo permitir.
Daí que pensando na regra dos 80/20, resolvi que faltando somente alguns dias para meu retorno na nutri e também que, além dos elogios, eu gostaria de ter bons resultados e dar uma lembrada ao meu corpo quem é que manda, resolvi me esforçar para tentar me manter no 90/10. 
Isso é muito mutável conforme a proposta, mas nos meus 10% destes 10 dias estariam as frutas mais doces (melancia, manga, banana), o vinho, a farofa, a tapioca, não todos os dias, mas sim quando ficasse sem opção ou com muita vontade. Revisando de poucos em poucos dias para não perder o controle, que está sendo bem necessário nestes dias.
Para me manter comprometida, estou anotando como sempre no myfitnesspal, que ele calcula já os carbos, mas vou publicar no blogue também, para poder analisar as percepções nesses dias, como fez a Rita no mês de julho.

Sobre ontem, primeiro dia, tivemos:

jejum intermitente de 23h até 12h (portanto somente 11 horinhas, a maior parte dormindo)
no almoço, num restaurante: sashimis de salmão, frango assado, salada variada (folhas, tomate, couve-flor, etc) shimeji na manteiga, gengibre em conserva;
lanches: chocolate 70% da Nugali, café com óleo de coco, coco em lascas, morangos;
jantar: ovos mexidos, bacon em fatias, suco de laranja, parmesão em lascas

Ontem os meus 10% foram para comer o shoyu com o salmão, o gengibre em conserva, o chocolate e o suco de laranja (me empurraram a todo custo, não consegui recusar). 
Encarei o chocolate como dentro dos 10% por conta de eu ter lido no rótulo que tinha açúcar, mesmo sendo 70%. Mas hoje já corrigi e troquei de chocolate, por mais que eu goste muito desse.
Senti um pouco de fome quando estava perto de almoçar, mas nada que me afetasse a glicemia, foi muito tranquilo me segurar até o almoço, e a tarde foi terrível, porque no aeroporto nada me cabia - sorte que eu havia levado na bolsa meu próprio óleo de coco, meu coco em lascas, meu chocolatinho. 
Também é verdade que no primeiro dia a pessoa tem duas forças que se opoem: a motivação e a compulsão que o descontrole anterior faz aumentar a impressão de fome quando você resolve tratar as coisas melhor.

PESSOAS QUE DIZEM mas é só hoje, mas você não precisa, mas você está exagerando, mas você está sendo radical: vocês não só não ajudam, como também atrapalham e irritam.



1 comment:

Cristiano said...

E esta bem? Esta saudável?

Blog Archive