Total Pageviews

Monday, December 01, 2014

O anti-Natal

Compromissos profissionais me levarão a ser liberada das tarefas natalinas neste ano, e para minha sorte, meu namorado também estará impedido de ir até a pacata Bagé confraternizar com sua família.
Enquanto duas pessoas avessas às comidas e rituais de Natal, ficamos felizes em poder nos distanciar dos ritos e resolvemos implementar, para nossa felicidade, nossos próprios rituais: estamos chamando a cerimônia de anti-Natal.
Livres de qualquer obrigação social e religiosa, optamos por comer coisas que fazem sentido para nós, ao invés de peru e uma bolinha de presunto assadas: estamos atrás de comprar sushi para o dia, mas caso não encontremos, faremos nossos próprios ceviches. E ainda não decidimos qual vai ser a sobremesa, só sabemos que vai ter sorvete junto, devido ao calor. Também decidimos que vamos decorar a casa, não sabemos se com coisas alusivas ao tema de Natal, mas queremos fazer enfeites e buscar alternativas que nos pareçam legais. Trocaremos presentes também, mas serão precedidos de um ritual de adivinhação do presente, em que o outro deverá pelas pistas fornecidas pelo presenteador acertar qual é o seu presente. Decidimos que vamos beber uma garrafa de Veuve Clicquot, desejo meu que vivo paquerando no supermercado e que nunca realizo pelo seu preço proibitivo, mas como ambos teremos o famigerado vale-peru poderemos comprar. 
Nossa animação é completa: poderemos reinventar a noite de Natal sem as obrigações que nos constrangem a aderir aos rituais. E o legal é que podemos inclusive decidir aderir a alguns rituais de Natal, se quisermos, pois o mais importante para nós será poder fazer apenas o que se quer. E tem algo que sempre queremos: a companhia um do outro, um espumante, e um sushi. 
Acho que finalmente vou conhecer o tal do site pinterest, para ter ideias festivas de nosso anti-Natal.

4 comments:

uaifai said...

O seu antinatal vai ser muito bacana!
Eu, que sempre fiz o caminho inverso, acho que resolvi aderir às formalidades e rituais da minha família. Estou animada! =)

Valquiria Paula said...

Menina, adorei a ideia do Sushi substituindo aquela carne pesada do peru que só de pensar meu estômago fica cheio. Fico feliz em ver as pessoas livres das coisas que acha chata e entediante, quem sabe eu não consiga também um dia? Bjs e Hohoho, Feliz Natal!

Liu said...

Eu que vou passar o Natal longe de tudo e de todos, apenas com o Bofes, estou procurando mil e uma coisas que lembrem o meu Natal na casa de mainha e painho. Tá difícil, mas acho que vai ser gostosinho também.

Esse anti-natal é bem o modelo de relacionamento que considero perfeito. Sem regras definidas por quem tá de fora e não tem nada a ver, mas por nós dois, os únicos que vão de fato viver a relação.

Feliz anti-natal! ;*

Nay said...

Amey! Não com essa programação linda, mas já fiz anti-natal também. Até a missa do galo se tornou interessante quando não tive que cumprir obrigações forçadas.

Beijos!

Blog Archive