Total Pageviews

Tuesday, September 16, 2014

Livro: O Alimento do Amor

Buscando esta imagem, encontrei outras capas bem mais lindas, mas com o título de Receitas do Amor - acredito que sejam edições portuguesas
Depois de constatar que estava com livros demais em andamento, cheguei em casa ontem e intensifiquei a leitura daquele que havia passado na frente dos demais: um best seller fácil de ler que falava do atual clichê literário: Roma, comida, a garota. O mundo anda muito voltado para estas questões ultimamente.
Pois bem, o livro conta a história de Laura, a estudante americana que foi fazer intercâmbio na Itália e arruma um namorado cozinheiro (surpreendente, não?). Ocorre que o cozinheiro não é a mesma pessoa que seu namorado, há um pequeno truque envolvendo as comidas que ele prepara, e é nessas enrascadas que o livro se faz.
A história é previsível, e seria sofrível não houvesse um conveniente recheio: descrições detalhadas de cada prato saboreado pela protagonista e de como cozinhá-los inclusive. E uma escalada curiosa e interessante em que, a cada desafio culinário aceito, a garota ia se tornando também cada vez mais gulosa por variedades sexuais. Não se preocupem, nada que você já não faça sozinho com sua esposa num sábado à noite em casa. Tudo bem normalzinho, só que com sabor. E é nesse apetite todo que reside a graça do casal protagonista, que em busca de prazer culinário encontra e mistura o prazer sexual e afetivo. 
Foi um livro fácil e rápido de ler, se se considerar o quão andei enrolada. Terminei na noite de ontem, não tendo feito mais nada além de lê-lo para conseguir. Hoje de manhã, avancei mais algumas páginas naquele que não me pertence e com o qual ando encalacrada. Fiquei um pouco triste ao constatar que, embora eu costumasse ser uma pessoa que lê, hoje em dia leio pouco. A internet faz isso com a gente, se você reparar bem. Então gostei muito desta troca e tenho a intenção de repeti-la hoje. Espero que funcione!

3 comments:

Taís Moreira said...

Oi, xará, acho q vc tem razão. Internet (e maternidade) fazem a gente ler menos. Estou tentando nas horas vagas (as poucas, quase inexistentes). Beijos da Taís.

Nanda Silva said...

Bom dia, adorei a postagem, estou com uma lista de leitura pendente, comecei a leitura de 3 e não terminei nenhum ainda, este ano li apenas dois, espero ampliar este número, este com certeza vai entrar para minha lista.
Beijooo

Bah said...

Oieee! Voltei! Tem tantos blogs que eu deixei de visitar nesse tempo que só consegui chegar aqui agora. Eu preciso e quero muito ler mais... tô lendo mto devagar, num ritmo mto ruim ainda... esse me parece interessante.

K!

Blog Archive