Total Pageviews

Thursday, June 05, 2014

As bebês-aprendizes

Aqui na repartição me dou especialmente bem com duas adolescentes aprendizes que vivem atrás de mim perguntando qual é o esmalte que estou em cada mão, onde foi que comprei a meia-calça assim, de onde arrumei aquele acessório assado, e por aí vai. Uma delas recentemente pintou o cabelo de azul-bebê, uma vontade que tenho há muitos anos, pois acho que ficaria super bem em mim, um azulzinho meio metalizado assim, sabe? Daí que a tinta azul dela saiu completamente e sobrou apenas a parte descolorida com água oxigenada, pronta para receber outra cor. E hoje ela veio se consultar comigo sobre qual cor eu opinava que ela deveria colocar: um vermelho-vivo que lembra um pouco pink ou um vermelho mais ruivo, discreto, que iria clareando até as pontas. 
Fui categórica ao defender o cabelo vermelho-vivo, insisti o tempo todo que deveria ser o vermelho quase-pink, e ela não entendia porque tamanha insistência. Expliquei que ela tem 16 anos, é linda (como toda adolescente de 16 anos é, embora não saiba), e que certas coisas com o passar dos anos a gente perde a coragem de fazer. Tipo eu e meu cabelo azulzinho. Não acho que eu nunca vá fazer, mas acho que tentaria apenas assim numas férias, durante um mês, coisa do tipo. Que no trabalho eu ficaria com receio de usar, especialmente porque eu atendo ao público. 
Se há algo que não sinto a menor falta nessa vida é do tempo em que, 16 anos e cabelos multicolores, eu não podia fazer quase nada do que eu queria, me restando apenas poder pintar os cabelos da cor que quisesse sem medo de chocar o chefe. E foi pensando nisso que expliquei para a minha bebê que a melhor cor para ela é as mais lindamente adolescentes. Amanhã ela me mostra qual escolheu.

2 comments:

Nanda Silva said...

Olá, acho o vermelho vivo mais interessante também. Eu quando mais nova, 16 anos, queria o mu cabelo com a parte de baixo azul ou roxo , mas meus pais não me deixavam fazer tamanha transformação. O mais radical que fiz foi pintá-lo todo de vermelho vivo, o que durou apenas uns meses, pois desbotava muito rápido. Curiosa para saber o que escolheu. Beijo

Bah said...

Eu sempre quis ter um cabelão azul ou pink, acho lindo. Piro naquela novela Meu Pedacinho de Chão auhauhaa, apesar das perucas, são cores que eu curto muito... tá certa mesmo em insistir pra ela aproveitar a vida antes que fique velha e perca a coragem. Agora, cabelo assim vira referência.

K!

Blog Archive