Total Pageviews

Tuesday, May 27, 2014

Socorro, vó!

Meses atrás ainda de férias fui fazer uma viagem em família na companhia de minha avó dentre outras pessoas. Na falta de convivência deixamos de compartilhar muitos detalhes das nossas vidas e achei muito engraçado perceber que ela fala palavrão (enquanto que eu exceto quando estou bêbada evito ao máximo), e fala muito mais das carolices dela do que me parecia quando estamos em festas familiares com bastante gente junto. Além disso, ela não bebe água e faz xixi 2x ao dia, e nisso também somos completamente opostas, porque se tem um mal do qual não sofro é retenção de líquidos. Anyway, vóvis é carinhosa comigo e divertida também, e sempre fica do meu lado quando eu relato histórias em que me sinto de alguma forma prejudicada. Isso sempre foi assim. 
Daí que nessa viagem comentei com ela que um grande amigo meu, de muitos anos, havia me dito há mais anos ainda que eu seria madrinha de seu primeiro filho, mas quando o bebê nasceu... ele não me chamou. E que eu havia achado isso errado e estava chateada, mas nunca mencionei isso diretamente a ele, só fiquei com essa coisinha na cabeça: não me chamou, não me chamou. E foi engraçadíssimo que, assim como em diversas outras coisas, ela ficou super do meu lado e me disse que eu não deveria me preocupar, pois a verdadeira intenção era aquela afirmada anos atrás – ela leva esse negódi batizar as crionças super a sério, um compromisso importante e tudo o mais.

Pensei nisso agora porque conversando cazamiga mandei avisar que quero ser madrinha caso alguma delas tenha filhos. Pois já que não vou ter, quero ter a despesa de torrar meu dinheiro em triciclos, sorvetes e iniciar o afilhado na melhor tradição do ateísmo, trotskismo e da zuêra. Acredita que ninguém animou ainda?! Vou ligar pra vovó. 

3 comments:

Cambaxirra said...

Liga, liga! Vovó resolve!!! :)

Cristiano said...

Talvez essas ideias que você quer compartilhar que estejam lhe atrapalhando...

E uma madrinha ateia ir na beira do altar batizar uma crianca nao combina.

Seja a tia gente boa que vai envergonhar as criancas no futuro... :))

Bah said...

Não vai ter filho por opção ou falta dela? rs

K!

Blog Archive