Total Pageviews

Monday, April 14, 2014

O desmame

Semana passada, na anamnese de quem sou eu para a nutri, ela me perguntou dos medicamentos que uso e mencionei que tomo Omeprazol diariamente em jejum há mais de dois anos. Ela abriu um olho de ovo frito e ficou chocada dizendo que isso jamais poderia ter acontecido, pois o Omeprazol vicia e, a cada vez que fico sem, o mal estar será pior, além de aos poucos eu talvez passar a aumentar a dose. Como tenho refluxo, e de fato quando fico sem eu pego fogo, eu raramente deixo acontecer esse fato. E quando acontece, eu fico mesmo mal.
Foi então que ela me disse que, com o passar dos meses, eu deveria discutir com meu médico o desmame deste medicamento, passando a alternar, tomar apenas de dois em dois dias e por aí vai, uma vez que estaria fazendo uma reeducação alimentar que possibilitaria isso.
Bom, fui-me embora cheia de informações e coisas em que pensar, e uma delas é que havia acabado a caixinha outra vez. E não comprei mais. E bem, ao contrário do que parecia, eu não peguei tanto fogo assim, embora haja um desconforto eventual no esôfago em alguns momentos do dia. E hoje fazem então sete dias que sobrevivo sem o Omeprazol, em pleno processo de desmame autônomo, sem acompanhamento médico - porque não tenho um médico gastro, e porque confiei que estava acostumando meu corpo excessivamente com algo talvez desnecessário.
Um comprimido a menos por dia me parece um ótimo negócio. Vamos ver como me sinto.

3 comments:

Bah said...

Eu sou meio contra remédio... até os dipironas e ASs da vida eu não costumo tomar. Vou lá pegar no ponto da acupuntura e vê se eu resolvo. Acho que remédio é usado apenas em casos emergenciais (tipo uma dor de cabeça incômoda que atrapalha alguma atividade importante) porque descobri que ter uma vida saudável, vc usa BEM MENOS remédio.

Kisu!

Cristiano said...

Qtos remedios diarios você toma?

catarse cotidiana said...

Também abri o obro quando li que você toma omeprazol todos os dias há mais de dois anos.
Não conheço ninguém que tenha tomado há tanto tempo!
Acho que essa vai pro guiness!

Blog Archive