Total Pageviews

Wednesday, January 15, 2014

Uma rota de fuga

Hoje quando o despertador tocou 6h, eu tinha certeza de que não conseguiria levantar. No entanto, havia sonhado com uma pessoa a noite toda, e quando o despertador trouxe junto consigo a conexão com o telefone (durmo de aparelho desligado, simplesmente porque a bateria de smartphones se esvai, mas também para evitar que apite notificações de facebook a noite inteira) e uma mensagem justamente da pessoa com quem sonhara, despertei. 
Apesar de despertar, não consegui fazer minha rotina matinal, e depois de ver que minha rotina se cumpria muito bem em menos tempo, deitei outra vez enquanto ia me decidindo a não trabalhar às 8h. 7h isso era uma certeza, e escrevi um e-mail dizendo que não ia.
8h10 fui me pesar na farmácia de hábito para descobrir que perdi mais 1kg, me embuchando de picolés como ando - deve ser a dieta do picolé. Cheguei para trabalhar 10h muito contrariada, mas ainda conformada, coisa que não se manteve quando saí para almoçar 2h depois: aquele céu de brigadeiro, com o sol me atingindo em cheio, foi feito um tapa na cabeça, que me fez decidir mais rápido que tudo: preciso ir à praia hoje. E amanhã também. E sexta-feira, também.
Chega de repor greve uns dias. Vou voltar a entrar no horário habitual para ir à praia ao menos pela manhã e final da tarde!

No comments:

Blog Archive