Total Pageviews

Wednesday, January 08, 2014

Resoluções de Ano Novo de 2013 - o Julgamento Final

Ando com postagens na cabeça, mas sem tempo ou paciência para escrever. Especialmente porque tenho escrito textos muito longos, que me cansam escrever, e deve cansar ainda mais quem lê, levei 9 dias de atraso para falar de minhas resoluções de Ano Novo do ano passado. E no meio disso, resolvi fazer o inventário, que para minha felicidade, serviu de referência para outras pessoas fazerem os seus (olhem o da Bruna e o da Valquiria! E façam os seus!).
Mas hoje parece ser um dia tão bom quanto todos para fazer a análise final. Segue:

terminar o mestrado – defendi, escrevi a versão final, e ainda não entreguei na BU (caso longamente descrito neste post aqui);
emagrecer 10kg  - ao total foram 6kg;
fazer uma poupança – embarassement total: continuo sem poupança e com muita bagunça financeira;
publicar meu trabalho  - publiquei e apresentei um trabalho num Congresso em agosto;
parar mais tempo para ler, assistir filmes, conhecer coisas diferentes – neste ano eu assisti cinco shows (Mundo Livre - 2, Luis Melodia, Monobloco, Zé Ramalho) e foram todos de graça! Li pouca literatura, porque estava dedicada no mestrado, também vi poucos filmes por causa disso;
usar menos internet – aumentou, Brazil. De uma determinada parte do ano em diante, o descontrole aumentou muito, por causa de algumas pessoas que entraram em minha vida majoritariamente por esse meio;
mais foco e dedicação ao trabalho  - melhorou muito, mas ainda impera a desorganização, a dispersão, enfim, qualquer mosca me distrai;
 me mover para sair da repartição – nada de importante: apenas dois concursos (eram bons), mas para os quais não estudei como deveria;
praticar atividade física regularmente – praticamente o ano inteiro;
ser MUITO mais organizada  - eu fui MUITO mais organizada que costumava ser, mas isso de longe significa que ficou tudo bem;
viajar menos a trabalho  - apenas duas viagens em um ano inteirinho;
planejar minhas férias de 2014  - planejei duas opções de roteiro e começo a pensar num terceiro. Defini que, assim que sair o aviso de férias, faço a opção por um deles (mas já escolhi lugares, fiz orçamento das coisas, etc).


Penso que as metas eram possíveis, se eu fosse mais organizada. Mas passei o ano todo lidando com emergências de prazos entrando em minha vida (e isso inclui principalmente os prazos do mestrado), o que me deixava fora de combate. Outra coisa é que adoeci diversas vezes: uma alergia aqui, uma tosse ali, nenhuma crise de coluna (graças), mas era comum alguma sensação de desconforto, um cansaço sem medida, uma atribulação louca. Foi um ano essencialmente confuso, do ponto de vista de tudo que eu queria fazer, o que eu precisava fazer, e o que eu realmente fiz. Fiz tantas coisas! Ao mesmo tempo, deixei de fazer tantas que eram importantes. 
Estou aqui quebrando minha cabeça com as resoluções de 2014, em primeiro lugar, anotando tudo aleatoriamente numa lista, para depois ver como afunilo as resoluções. Mas quanto a 2013, nada a reclamar, só de mim, que preciso aprender a gerir meu tempo muito melhor!

1 comment:

Cristiano said...

Mas uma coisa eu já conclui se gestão do tempo fosse fácil não teria tanta literatura/metodos sobre o assunto.

Blog Archive