Total Pageviews

Monday, January 06, 2014

Quanto a 2013 - o inventário

Vi alguns questionários, gente revisando o seu ano nessa blogosfera, escolhendo seus posts prediletos, essas coisas. Nenhum deles me contemplou integralmente, de modos que fiz um frankenstein daquilo que achei mais legal de mencionar, para que eu não esqueça disso no futuro!

O melhor livro de 2013 - infelizmente, ao contrário do que pretendia, li tão pouquinho. Lembro de ter lido Dom Casmurro, O Poder do Hábito, Eu Não Consigo Emagrecer (Dukan), Moda Intuitiva, um baralho de livros técnicos do mestrado e estou lendo Casos de Familia (Clarice) e O Amor nos Tempos do Cólera. O preferido, curiosamente, não foi um livro de literatura, mas sim o livro Epidemiologia Crítica, de Jaime Breilh, que é basicamente a coluna vertebral da minha revisão de literatura para o mestrado e também me deu insights poderosíssimos para outras reflexões que necessito fazer no trabalho e em outros espaços.

O melhor filme de 2013 - indiscutivelmente, La Vie d'Adele, sobre o qual iniciei a falar aqui neste post. Este filme certamente entrará para a história do cinema e eu vejo estudantes de ensino médio assistindo-o e discutindo em sala de aula por gerações a fio.

A pessoa mais marcante de 2013 - ano de poucas pessoas, cada ano são menos pessoas. A pessoa com quem mais me identifiquei e pude fazer boas trocas e momentos enriquecedores desse ano foi Grethi, que foi uma companheira de viagem e de programas de todas as ordens. Além dela, convivi com outras pessoas excelentes, mas lembro de muitas conversas nossas que me ajudaram a refletir e, de certa forma, renovar meus conhecimentos.

A melhor viagem - neste ano, viajei apenas pelo Brazil: Rio, Garopaba, Curitiba, Natal, Guarda, São Paulo. Não incluí viagens a trabalho nem de militância nessa conta. Todas foram lindas viagens, em que me diverti muito, mas escolhendo a melhor, acho que São Paulo foi a mais completa, porque foram dois diazinhos em que teve de um tudo que eu mais gosto.

O melhor momento: lindas e emocionantes jornadas de junho.

O pior momento: segunda-feira de Carnaval. A decepção com a mesma pessoa de sempre, pelos mesmos motivos de sempre. Ali aprendi a nunca mais confiar em quem já lhe provou tantas vezes que não é confiável.

A melhor compra do ano: em primeiro lugar, meu carro, pois ele é novo, zero, tem ar-condicionado e não gera manutenção. Em segundo lugar, meus óculos escuros novos, que estou adorando usar, pois são confortáveis e bem escuros.

A pior compra do ano: a máscara da Moroccanoil. Não vale o que custa. Uma Pantene dá resultado igual ou bastante parecido.

A melhor comida de restaurante: isso foi bem fácil definir: restaurante Yamaga, na Liberdade em São Paulo.

A melhor comida caseira: simplifiquei muito a comida desse ano, por causa da reeducação alimentar, e muitas vezes foram legumes praticamente puros que comi. Então acho que foi essa raita aqui, muito saborosa e que devo almoçar novamente hoje.

A música que define 2013: Silva - A Visita. O passo é feito de esperança, e espero amar depois.

O que aprendi em 2013: muitas coisas, mesmo! Mas acho que a principal lição é que preciso cuidar de mim, e que 'não sou obrigada'.

O que não aprendi em 2013: a ser uma pessoa com controle de suas finanças.

Post preferido de 2013: este, em que finalmente faço as pazes comigo por jogar comida fora. 

Post preferido que não escrevi de 2013: fiquei muito em dúvida quanto ao post, mas nenhuma quanto ao blogue. No fim, acho que este aqui da Ana foi ótimo para que eu refletisse um pouco sobre as coisas que a gente compra sem pensar, principalmente de comer. Foi ali que pensei mais claramente em como cortar os estímulos ao consumo, principalmente de comida, apenas por tédio ou por desorganização.

Amiguinhos, aqueles que quiserem, que se sentirem animados, por favor, façam esse inventário! 2014 chegou, mas a louca das listas se mantém aqui!


5 comments:

Cottage Regressiva said...

Esses balanços são excelentes!!! Adorei ler!!! Feliz 2014

Neanderthal said...

Em 2013 a gente se conheceu! =)

Taís Moreira said...

Roubei! Copiei! Tá lá no 6 meses! Beijão da Bruna.

Valquíria Paula said...

Tinha pensado em fazer uma espécie de retrospectiva no Apenas Palavras, mas desanimei... agora a ideia do inventário foi daora, vou amadurecer. Bjus.

Valquíria Paula said...

Ah, voltei pra dizer que copiei o modelo de seu inventário, postei e te linkei no Apenas Palavras - http://palavrasdevalquiria.blogspot.com.br/2014/01/o-inventario-de-2013.html

Bjus

Blog Archive