Total Pageviews

Saturday, November 02, 2013

O que tem pro almoço? Raita de pepino


Amiguinhos, essa semana eu perdi apenas 400g. Algo me diz que as cervejas, o rodízio de sushi, os brigadeiros, o x-salada (que dei umas mordidas no do boy na quinta-feira, e na sexta resolvi comprar um inteiro para mim) têm a ver com esse declínio no emagrecimento. 
Por outro lado, feliz da vida, fui medir minha cintura e descobri que, 12 dias depois desde a última medição, estou 4cm mais fina! E isso é ótimo, porque a gordura abdominal, segundo sempre conversamos (médicos e eu) é a mais perigosa para nós, e eu, que estou com índices ruins, preciso observá-la com maior rigor.
Daí que, feliz da vida com essas conquistas (meus rycos 400g e meus milionários 4cm), vim animada para a praia em fazer uma alimentação correta. 
Eu ando comendo pepinos com muito gosto, pois eles são orgânicos, gostosos, fresh e enchem minha pancinha sem ser de macarrão. Eles cumprem o mesmo papel que a melancia para mim, me encho de pepinos nas refeições e com isso fico fisicamente satisfeita (melhor ter o estômago dilatado por pepino do que por polenta, certo?) e tenho adorado comê-los, crocantinhos, refrescantes, verdes!
Bem, então tempos atrás eu estava vendo um episódio do Que Marravilha! Revanche, e uma família árabe preparou um prato gostoso à base de arroz e carne moída (que pretendo imitar um dia desses), e de acompanhamento, uma raita ou tzatziki de pepino. Acho que chamaram de raita. E fiquei obcecada com a ideia de comer meus pepinos daquela forma. 
Preparei meu molho conforme me recordava e com aquilo que julguei combinar melhor com a receita, e depois vi que foi bobagem adicionar azeite de oliva e que os limões não fizeram falta, como julguei que faria. Agora, um pouco de raspas de limão, esses sim, pretendo que entrem na próxima repetição da receita. Usei pimenta do reino, e penso que chilli picado seria melhor. Assim, a receita é um frankenstein de receitas que vi por aí e daquilo que considerei melhor para o meu, mas me parece que você pode fazer como achar melhor!
Eu comi puro, mas é um excelente acompanhamento, especialmente para carne vermelha, porque é leve, é refrescante e é verde :)

Raita de pepino

1 pepino fatiado no fatiador
1 dente de alho ralado
1/2 copo de iogurte
sal a gosto
raspas de limão
cheiro verde a gosto
1/2 xícara de hortelã picada (não abra mão disso)
pimenta a gosto (recomendo chilli picadinha)

Modo de fazer

Rale o alho, adicione o sal e a pimenta, misture tudo com o iogurte e adicione os pepinos fatiados. Quanto mais tempo ficar pegando gosto, mais gostoso. Quanto mais fino o pepino for fatiado, mais gostoso. Eu não descasco meu pepino porque ele é orgânico e acho a cor da casca linda, além de dar 'interessância' ao prato por ficar crocante - mas você é quem sabe sobre isso.

3 comments:

Bruxa do 203 said...

Isso só pode ficar muito bom! Adorei a dica! Por uma alimentação com mais pepino e menos macarrão!!!!

Cambaxirra said...

Nossa, que delícia! Eu quero!
Adoro pepino, hehehe. Vou testar a receita, com certeza!

Beijo!

Bah said...

Gororoba rlz! rs

Me parece bom..

Kisu!

Blog Archive