Total Pageviews

Tuesday, November 05, 2013

Filme: As Aventuras de Pi

Assisti no final de semana no Telecine. É impressão minha ou de fato entrou um lote de filmes do Oscar no Telecine por esses dias?

Estou sempre atrasada com os filmes. Tentei assistir Lincoln, não me concentrei o suficiente.
Acho pouco provável que alguém não tenha assistido, mas caso não, Pi é um garoto indiano que sofre um acidente de navio, no qual ele perde toda sua família. Ele passa dias náufrago num bote, que ocupa com um tigre. A maior parte do filme desenrola a luta pela sobrevivência e a forma dos dois se relacionarem naquele ambiente hostil. O objetivo de Pi ao contar essa história é explicar a sua fé a um incrédulo.
Eu enquanto ateia costumo evitar esse tipo de obra, mas nesse caso, estava curiosa porque pessoas em quem confio no gosto falaram muito bem do filme. E no fim, isso era mais um detalhe do que qualquer outra coisa.
Em primeiro lugar, merece absolutamente todos os prêmios que ganhou, e olhe que só vi em 2D. Em certas cenas, fantásticas, ficava me perguntando sobre como teria sido assistir isso em 3D. Que capricho! Que lindo!
Em segundo lugar, o filme me deixou alerta e incomodada o tempo todo - o que me parece ter sido proposital. Você fica ali na espreita, torcendo pelo garoto, querendo que ele derrote o tigre, e entra em genuíno desespero a cada vez que algo parece que vai dar errado. De lambuja, me fez refletir sobre essa relação entre os animais, a dificuldade de ser bicho selvagem em dias tão urbanos no nosso mundo (não é fácil pra ninguém, nem para o tigre de bengala), sobre como a gente se choca com reações aparentemente tão naturais, como é comer o outro. Matar para comer. Comer algo que minutos atrás estava vivo, sem passar pelo cozimento, pelo requinte de uma cozinha. Como a nossa vida é distante disso tudo!
Terminei o filme sem saber direito como me sentia em relação a ele, pois não é exatamente agradável, e passei o resto da tarde pensativa. Não consigo dizer que adorei, nem que gostei, nem que não gostei, mas acho que posso dizer que prefiro ter assistido. E recomendo que vocês assistam - se é que alguém é tão retardatário assim...


3 comments:

Cristiano said...

Eu assisti e gostei... e me peguei uma vez tendo a discussão "O que representava o tigre?"

Bruxa do 203 said...

Também assisti bem depois. Esperava um filme chato, daqueles de bichinhos fofos que salvam o mundo, então me surpreendi e fiquei feliz por ter assistido.

Bah said...

Achei bonitinho e tals, mas depois que descobri que é de um autor brasileiro fiquei ferrada pela cópia descarada da obra...

Mas o filme foi bonito sim.

Kisu!

Blog Archive