Total Pageviews

Friday, August 09, 2013

Restaurante Macarronada Italiana

No dia da minha defesa eu estava bastante sem forças, mas meus pais queriam que a gente fosse almoçar para comemorar. Meio sem idéias, porque era um dia frio e nublado,e almoçar na praia não era uma opção, resolvi ir comer na Macarronada Italiana, na Beiramar. Foi um risco, mas pensei que não poderia haver muito erro em me servir um macarrão. Queria ter fotos para mostrar, mas infelizmente, estava fraca, vocês já sabem, não tive condições. 
O restaurante é grande, e bonito, com aquelas decorações de trattoria, talvez um pouco mais clean. Pedi uma massa com cogumelos trufados e molho de... cogumelos. Era um raviolli, que me recorde – eu estava fraca, vocês já sabem... 
Bom, sobre a minha massa, atesto que estava realmente impecável, os cogumelos eram trufados de verdade, e a massa era artesanal. A porção, individual, teria servido folgadamente duas pessoas, e eu deixei uma parte do meu prato ir embora. Não tive forças para a sobremesa. As porções que meus pais pediram também era grande e estava bem feita (mas não lembro direito o que eles comeram). O ambiente é climatizado, mas no dia estava bem frio e a parte de trás onde a gente ficou não estava aquecida. Eu achei os pratos caros: cada prato individual saiu por cerca de R$70,00. 
Gostei, mas acho que não voltaria. Porque é caro, os pratos são muito grandes e eu gosto de experimentar muitas coisinhas, o que lá não é possível. Na verdade, esses restaurantes todos da Beira Mar me deixam com pé atrás. Imagino que o ponto seja caríssimo, e por isso em primeiro lugar os lugares sejam caros. Também deve existir aquela noção distorcida de 'nivelar o público pelo preço', e por isso seja tão caro. Mas no fim, também acho que quem procura um restaurante que vá lhe servir um tesouro, algo realmente incrível, diferente, não se satisfaria com o que tem ali. Acho que os restaurantes dali servem mais ou menos a isso: ao dia em que a pessoa não pode se jogar até o Sambaqui por uma comida, e vai ali comer num lugar onde a comida não faz feio, o ambiente é adequado (mas não muito original), e se paga um pouco demais por isso.
E isso para mim não tem nada de trattoria italiana, porque uma comida feita de ingredientes baratos não pode custar os olhos da cara.
Segue o site para quem quiser alguma informação sobre o lugar.

1 comment:

Ju said...

Só de saber que vc mora em Floripa, morro de saudades do Chico Toicinho... como amo aquele lugar! Aliás, amo Floripa!!! Delícia de lugar!

Blog Archive