Total Pageviews

Monday, July 29, 2013

Filme: um divã para dois



Já tem um tempinho que assisti esse filme, num sábado à noite qualquer em beach house, passando num Telecine. Interessada como sempre por Meryl Streep, e por falta de opção mais interessante, resolvi tentar, ainda que com medo de que fosse mais uma comédia romântica, coisa que tenho paúra.
O filme na verdade tem um ou outro lance engraçado, mas me deixou a maior parte do tempo muito incomodada, triste, me colocando no lugar dos dois personagens principais. O casal de meia idade acomodado na relação e na vida não tem mais conexão sexual e afetiva, e enquanto a mulher busca por isso, idealiza um amor romântico para eles, o homem está muito ‘bem’ como está, sem mexer no assunto. No decorrer da terapia, no entanto, vai-se desvelando  o que aconteceu nesses anos para eles chegarem onde chegaram, e eu me vi muito solidária a ambos. 
A rotina e os compromissos massacrando com a beleza do relacionamento deles me deixou profundamente tocada, pois é uma das coisas que mais me deixa apreensiva quando estou formando casal. O medo de que um não seja mais instigante para o outro e tudo se torne uma grande frustração. Além disso, fiquei torcendo muito para ver a virada daquela mulher que, apesar de se perder em devaneios muitas vezes, no fundo, está ali lutando para ser valorizada, percebida, enquanto o marido aniquila as suas sutilezas. E ela vira, gente! Ela vira a mesa!

Achei, no entanto, que o filme resolve tudo rápido demais no final. Nos 5min finais da história tem que fazer tudo o que não foi feito no decorrer daquele processo, e acaba ficando uma virada um pouco artificial. Mas mesmo assim, achei lindo! Sensível e belo!

2 comments:

Ju said...

Também gostei desse filme. Mas eu, ao contrário de vc, amo comédias românticas!

Neanderthal said...

Eu ví esse filme e achei o máximo!
E concordo com a sua crítica. Esperava mais do filme nesse sentido. Eu via o fim se aproximando e nada! Quando as coisas finalmente acontecem, o filme acaba!
Beijos

Blog Archive