Total Pageviews

Thursday, April 04, 2013

Thais, a versão humana do Nemo


Passei o dia de ontem todinho como um passarinho de asa quebrada, andando com o braço bem junto ao corpo. Fui tomar uma cerveja e não servia meu próprio copo, imaginem vocês. Fui dirigir e não conseguia passar a 2ª marcha. Horas atrás, madrugada solta, entorpecida, dizia a um amigo meu que, caso eu voltasse a declarar que ia fazer musculação outra vez, ele deveria me 'dar na cara'. Ao que o bruto preventivamente me deu logo uns 10 splish-splashes, porque sabia que eu ia voltar na cadimia. Ele tem razão – vou voltar. Agora quero que o Brasil saiba que meu corpo se rebela a cada tentativa de retirá-lo do sedentarismo delicioso com o qual nos acostumamos tão bem. 

4 comments:

Cambaxirra said...

Hahahahahaha, isso já aconteceu comigo. É mesmo muito doloroso, putz.
E estou me preparando psicologicamente para sentir isso tudo de novo. Ó vida, ó céus...

Fala, Clarice said...

A melhor coisa é continuar a fazer os exercícios, porque se parar, é outro sofrimento quando for continuar e os novos exercícios ajudar a fazer a dor passar.

Luana said...

hahahaha.... eu demorei pra entender a relação disso com o Nemo... hahaha

Neanderthal said...

Eu também demorei a entender! hahaha
Então, como eu pego mais pesado com os exercícios para os membros inferiores, nas primeiras semanas eu fico sentando que nem a velha da praça. Depois, preciso de ajuda para levantar! Mas vale a pena!
Beijos

Blog Archive