Total Pageviews

Monday, April 08, 2013

Thais, numa casa sem sacolas


Na sexta-feira eu tinha uma vaga noção de que isso estava acontecendo, mas achei melhor esperar mais um pouco para ter certeza. Sábado, ao procurar uma sacola plástica para usar como saco de lixo na minha lixeirinha da cozinha, descobri: não haviam mais sacolas de supermercado em minha casa!
Eu sempre colocava as minhas compras em caixas de papelão, levo uma ecobag no carro, e tenho várias outras lá em casa. Quando eu saio especificamente para comprar coisas, levo a de casa. Se resolvo dar uma passadinha no caminho, uso a do carro. Nunca pego sacolas em farmácias ou outras lojas cujo pacote seria pequeno e não reaproveitado em minha casa.
Mas como vocês sabem, havia a Wal. Comecei a pedir que ela não trouxesse mais, dei-lhe uma ecobag de presente, mas elas nunca cessavam de vir lá para casa. Semana passada, no entanto, o milagre se deu. Eliminadas, todas! Provavelmente com o advento de sua mudança, muitas foram usadas. Não sei bem. Fato é que sábado, me sentindo muito estranha, fui ao mercado e usei sacolas plásticas de propósito, para ter algumas em casa.
Mas estou confusa. Eliminei sacolas de supermercado de forma total, mas ainda gero meu lixo. Sempre usei sacola de mercado como saco de lixo porque elas haviam em abundância, agora preciso decidir: vou comprar saco plástico para colocar meu lixo fora? Ou de vez em quando eu saio com sacolas ainda do mercado especificamente para este fim? Existe uma diferença qualitativa entre os dois tipos de saco plástico que deveria me fazer optar por comprá-los? Ou são tudo iguais?
Não sou uma ecochata das mais entusiasmadas, não, como isso pode fazer parecer. Só não gosto de desperdício e realmente não me custa me organizar para carregar as compras de outra forma. Mas nesse momento o problema se apresentou, e como preciso pensar na solução já, não me custa pensar se a melhor solução pode ser também correta ecologicamente. Na minha cidade ainda não tem lei municipal sobre sacola plástica, assim que elas abundam em todos os estabelecimentos. Opinem sobre isso, por favor!

5 comments:

Cristiano said...

As sacolas bio degradáveis do brasil são tao ruins no quesito degradáveis que não vale muito a pena vc dar preferencias as lojas que a usam.

cris said...

Esse é o problema das tão amaldiçoadas sacolinhas! A única diferença entre elas e sacos de lixos comuns é que os sacos você tem comprar. Por isso essa campanha é tão arduamente impulsionada pelos...donos de supermercados! Eu não sou uma pessoa que odeia o meio ambiente nem nada parecido, pelo contrário, eu reciclo, não jogo lixo no chão, evito desperdícios, etc. Mas o problema é que não dá pra ser hipócrita, todo o lixo dos lixões das grandes cidades continua indo em sacolas plásticas, então mais vale pegar as gratuitas de vez em quando no mercado do que pagar por sacos novos. O certo seria a gente fazer campanha pro recolhimento de lixo acontecer de forma diferente, até podia ser encanado. Porque até o lixo reciclavel a comcap só aceita em sacolas....

Por fim, uma historinha bem fofa: http://www.youtube.com/watch?v=C21hIFewfz0

Cambaxirra said...

Eu não compro sacos de lixo quase nunca, a não ser para usá-los em situações muito específicas. Por isso ainda uso as sacolas de supermercado para esse fim. Por enquanto, funcionam be, mas muitas vezes tenho que usar duas (assim, uma dentro da outra) porque são bem fraquinhas.

Beijo!

Taís Moreira said...

Eu sou totalmente a favor de usar sacolinhas de mercado como sacos de lixo, pq não pago por elas, são práticas e tão poluentes qto os caros sacos de lixo.

Bah said...

E eu ainda acho que deveriam trocar as sacolas por sacos de papel reciclável... com isso agradaria todos.

Kisu!

Blog Archive