Total Pageviews

Friday, January 18, 2013

Over, over the top

Sabem a estagiária trololó? Então, ela mesma. Continua fazendo barbaridades por aqui, e eu tentando contê-la para que não faça muitas das suas barbaridades.
Corrigir seus diários de campo: hora de sentar e chorar ao ver a precarização do ensino superior brasileiro (ela é do EAD).
Aliás, quem é a favor do EAD deveria conhecê-la: porque não a culpo, afinal, ela optou por essa modalidade porque afinal ofereceram e porque não entrou na UFSC (sim, faltam vagas e universidades por aí), ou por algum motivo que desconheço. O fato é que já orientei outras pessoas, e nenhuma jamais veio tão crua ou tão absolutamente despreparada para o exercício feito ela: comete desde erros de português até erros graves de análise, e é um perigo ambulante deixá-la atender um usuário.
Alguém pode me dizer que isso é coisa individual, que já conheceu alguém esforçado do EAD que virou presidente de não sei onde e blablabla: bullshit. Essa garota pega artigos aleatórios na internet pra fazer referência bibliográfica porque os principais autores não estão disponíveis na biblioteca (aquela que não existe, segundo ela). A universidade dela não acompanha os diários de campo ou qualquer coisa relacionada ao campo de estágio, na verdade, nem ligam pro tipo de barbaridade que ela aprontar por aqui. Ela não teve um único professor de referência, nunca teve um debate em sala de aula (teórico ou metodológico), nunca foi a uma palestra ou evento do Serviço Social e nem tem condições de fazê-lo. Serviço Social à distância soy contra, eu, o CFESS e a ABEPSS, mas quem sabe para outras disciplinas mais técnicas sirva. Não para profissionais que vão lidar com gente, não mesmo.
Então eu tergiversei esse tempo todo porque queria falar de outra coisa que ela faz, na minha opinião muito mais pessoal e inerente à personalidade dela e tudo o mais. Ela é extremamente ansiosa por agradar e se enturmar, e pensa que isso já aconteceu.
Ninguém pode fazer uma piada a menos de 20m dela, sem que ela solte alguma interjeição tentando ser engraçadinha e ser inserida no papo. Ela vai na laboral e enquanto a professora manda a gente esticar os braços e brinca que não vale bater no coleguinha ao lado (nem tão engraçado já com ela), minha estagiária trololó aproveita a deixa para dizer: é, não vale se vingar na hora da ginástica!
No seu primeiro dia de trabalho eu tive que sair correndo antes do almoço para resolver uma pendência na rua (coisa de trabalho), e a mesma, mais que veloz, soltou: ah, vais passar pelo Kobrasol?
Sim, ela me pediu carona no primeiro dia. Eu até ia dar, mas saí 30min antes e nem lembrei de buscá-la.
Hoje, enquanto eu me descabelava lendo os absurdos no diário de campo, me chega a gerentona top aqui do meu setor dizendo que minha estagiária sairia mais cedo comigo, pois ia dar carona para ela. E lá vinha a doida, sorridente e saltitante, me dar beijinho de tchau e dizer que havia conseguido uma caroninha!
Preciso mencionar que a gerentona não dá Feliz Natal às pessoas porque acha falsidade cumprimentar só no Natal. Imaginem ela dando carona pra estagiária trololó?
Ai gente, estou sendo implicante? Porque sei que sou. Mas estou exagerando?
Opinem! Agora com o plus de eu interagir com vocês nos comentários! (hohohoh)

5 comments:

Cambaxirra said...

Apresenta ela pro Millhouse, par perfeito!!!
E vc ainda resolve seu problema com ele! :P

Cambaxirra said...

Ah, me apressei: eu no seu lugar já estaria batendo a cabeça na parede...

Bah said...

Só pelo fato de ser estagiária acredito que ela esteja sendo ingênua. Talvez vc tenha implicado com ela no primeiro dia, mas isso não significa que vc esteja errada. Se a pessoa escreve mal, tb não dá.

Vai analisando conforme os dias vão passando e vai contando pra gente.

Kisu!

Anonymous said...

Oieee...cheguei aqui meio por acaso e nas horas vagas do trabalho me peguei lendo seu blog e dando risada de alguns posts. Bom, pelo menos ela ainda é estagiária né? Agora imagina eu que tenho um ser igual no trabalho, só que quarentona e já formada ha muito tempo? E que é mais lerda e incompetente que muito estagiario! E o pior...igualzinho o quesito de se enturmar, se meter em conversas que ela não tem nem ideia do que se tratam e ainda se fazer de coitada trabalhadora no facebook!! rsrs...como faz?

Fulana said...

Anônimo, se descobrires como faz, vou querer saber!
E podem deixar que as atualizações continuarão!

Blog Archive