Total Pageviews

Tuesday, January 08, 2013

Desafio semanal: unchecked

Meu desafio de não consumir açúcar foi brutalmente interrompido por alguns episódios marcantes:
1 - aquele maldito rodízio de sushi que serve rolinho primavera com recheio de chocolate;
3 - aquele alfajor El Cachafaz que jazia no aparador da casa de praia;
4 - aquele maravilhoso café francês em que fomos no sábado (eu e meus pais), ao final do qual eu escolhi um mil-folhas com morangos;
5 - aquele pacotinho de MM's que não pude deixar no baleiro, no sábado, no caixa do mercadinho;
6 - aquele torrone espanhol maravilhoso que eu havia comprado em Buenos Aires e me namorava na geladeira há dias;

...E assim a pessoa consumiu açúcar todas essas vezes! E mais, todas aconteceram de sexta-feira em diante! Na verdade, apesar de parecer vontade, confesso que dos seis episódios, só um foi vontade. Contraditoriamente, o do MM's. Todos os outros foram motivados por pensamentos " essa é uma oportunidade única, esse doce é raro" e outras coisas do tipo. De fato eram, e eu que ainda não sou dessas que consegue dizer não a comida, comi todos eles. Também fiquei pensando sobre os tipos de doces que me interessam, e porque costumo dizer que não gosto deles. Na verdade, eu gosto daqueles mais suaves, principalmente os cremosos, mais complexos, não aqueles em que me sinto ingerindo uma pequena pílula de açúcar puro. Tipo um bolinho de laranja sem calda, um mil-folhas, um rolinho com recheio. Não uma paçoca, uma bala, um copo de refrigerante ou uma barra de chocolate.
Tecidas essas considerações, e tratando-se esse de ser o menor de meus problemas, resolvi manter minhas coisas como estão, com doces ocasionais - e evitar, com força, os baleiros, porque foi ali, naquele baleiro, que me deu vontade de comer MM's, não antes.
E entender de uma vez por todas que as minhas oportunidades de comer um doce diferente não são únicas: elas vivem acontecendo! É isso que dá você ser viciado em comida, todos te agradam com mais comida. Céu e inferno.

7 comments:

Drinha... said...

Eu sei bem como é isso...

Ainda não consigo dizer não para comida em especial chocolate!!!!

Mas aí tento compensar nos outros dias...

bjs

Karine said...

Torrone espanhol...
Ô, diliça!!!

R. said...

Que tal fazer uma promessa? eu era apaixonada por chocolate e estou a um ano sem colocar um na boca! Funciona muito, basta ter força de vontade ;)

Beijos, R.
Acompanhe minha jornada aqui:
http://meudiariodedietaa.blogspot.com.br/

Cambaxirra said...

"rodízio de sushi que serve rolinho primavera com recheio de chocolate"

Não há ser humano nesse mundo que consiga a resistir à isso, tampouco a um bem feito mil folhas de morango (um dos meus doces preferidos, inclusive).
Você vai ter que proibir as pessoas de te agradarem, hahahaha! E que Millhouse nunca descubra, ou então vai querer te encher de docinhos. :P

Neanderthal said...

Não sei a explicação, mas dizem que tem a ver com o efeito rebote, eu não sou chegada em doces. Mas quando estou de dieta, eles parecem mais apetitosos. Coisas que passariam desapercebido em outras situações, se tornam irresistíveis.
Complicado, né!

Bah said...

Olha, comer em excesso que é o pior. Não precisa se privar de comer, mas também não precisa exagerar rs...

Ai saudades de torrone rs

Kisu!

Dani said...

Quanto motivo bom pra comer besteira rs!

Blog Archive