Total Pageviews

Friday, March 23, 2012

Tudo igual, mas diferente

Continuo ansiosa, compulsiva e comilona, não necessariamente nessa mesma ordem. Tem coisa de um mês que como quase diariamente o sushi do Angeloni de Capoeiras, na praça de alimentação; é quase R$1,00 a peça e tem os sabores que eu gosto. Ando numa fase no-cheese, bem diferente do costumeiro, e muito oriental. Quem inventou o salmão e o cream cheese juntos é um cupido que celebrou o casamento mais bem-sucedido ever.
Bueno, dia dessas cheguei em casa cansada e não queria cozinhar e nem comer nada ruim. Inventei de pedir uma pizza, aventura se levar-se em conta que seria a minha primeira tentativa. Busquei na internet e não haviam muitas com sites, então tentei uma cujo endereço ficava no meu bairro. Pedi uma média (8 fatias) porque queria dois sabores, e resolvi tentar a minha preferida clássica (marguerita) e outra que também me agrada, a catuperu. Pensei que se eles fizessem bem o básico, poderia me aventurar em novos sabores.
A pizza chegou em 20min (morar perto e ligar cedo, eis a chave), me custou R$26,00 e me deram uma Coca-Cola de 600ml de brinde. Ainda vieram com a maquininha de cartão. Tamanho razoável, porém eloorme se considerado que sou sozinha. Mesmo assim, comi 4 fatias com ela ainda quentinha. Massa bem gostosa, fininha, macia e crocante nas bordas, porém com excesso de recheio. Muito queijo, pesava a pizza e fazia tudo se desmontar. Poderia ter menos queijo, mas de resto, é feita com ingredientes de qualidade, a massa é bem trabalhada, e tem um bom preço.
Quem quiser um dia comer uma pizza em São José e adjacências pode ligar sem medo para a Fiorella (3039-6969) e aproveitar!
Foi bom, mas sobrou muito, da próxima vez que pedir, pedirei a pequena (6 fatias) de um único sabor. Ou fazer pizza. Ou não pedir muita pizza para variar. De todo modo, fiquei feliz de ter me estufado dessa forma, em outros tempos mataria ela numa boa!

No comments:

Blog Archive