Total Pageviews

Monday, March 12, 2012

Amizades

Na semana que passei em São José, lembrei de algumas amizades que eu precisava manter melhor. Fizemos isso durante aquela semana e estamos num outro patamar de relacionamento, em que nos mantemos informadas sobre o que acontece na vida umas das outras, e tem sido muito bom. Fora isso, conheci pessoas novas - uma delas, inclusive, fez algo por mim que não vou nunca esquecer. Como é tudo recente e ainda tem gente que pode perceber do que se trata, ainda não posso contar com riqueza de detalhes. Mas o fato foi que eu estava prestes a cometer um grande atentado contra mim mesma, fazendo algo que depois me deixaria ainda mais debilitada emocionalmente do que já fiquei semana passada. Ao pressentir o perigo, o bruto passou correndo por mim, garrou no meu braço e me arrastou correndo pelo mundo, correndo até não estar mais em perigo. E à sombra de uma árvore, me disse:
- Cara, desculpa, mas não dava para deixar você fazer isso!
Então ali debaixo da árvore eu tive vontade de chorar. Um pouco pelo que quase fiz, e outro pouco, mais importante, pelo fato dele ter me salvo. E sentenciei:
- Amigo, você me libertou. Primeiro me oprimiu, me arrastando correndo pelo recinto, mas depois, me emancipou com sua atitude! Obrigada por cuidar de mim, somos amigos!
Bom, aí choramos mais um par de tempos por motivos que não nos fariam chorar normalmente, mas o fato é que estávamos bêbados, cheios de sol na cabeça, sem dormir.
Fiquei me sentindo bem melhor com essa renovação. Bem melhor! Tem gente pelo mundo afora com quem eu combino, com quem me identifico! Nem sempre posso dizer que sinto isso.

3 comments:

Cristiano said...

Mas o que você estava prestes a fazer? hein? ;-)

Inaie said...

O grande compromisso entre bebados. Nos sempre vamos cuidar uns dos outros, prometemos ja em vidas passadas...

Júlio Black said...

Sou quase um abstêmio, minha namorada terá problemas com isso. Eu acho.

Blog Archive