Total Pageviews

Thursday, September 30, 2010

Péssimos sinais

Não é exatamente dor no corpo, é só um excesso de sensibilidade. Não é febre, mas é um calor interno grande.Eu sei, você também sabe. Ela vem dando notícias de longe.
Para evitá-la, já estou me comportando feito uma imbecil há doze horas: doze horas de antigripal, vitamina C em cápsulas e efervescentes, agasalhos, e até canja.
Eu sei que essa paranóia não faz bem. Mas por acaso, gripe faz?

Wednesday, September 29, 2010

Essa semana, até agora, rendeu foi nada. Se eu tiver que acordar de novo às 4h da manhã na vida, vou continuar com os mesmos problemas.
Sim, eu sei. Agora vai acabar, pelo menos no próximo mês. Mas duas panfletagens seguidas me deixam assim, prejudicada.
A minha sorte é que estamos em contagem regressiva para um feriadão! Será que vou conseguir me preparar e organizar de modos a não ficar com pendência nenhuma?


Pendências

- passar o caderno do mestrado a limpo;
- fichar t-o-d-o-s os textos lidos;
- ler os textos que ainda hão de vir;
- dar fundo em 4 peças de madeira.
Abri o negocinho da postagem na vã esperança de me inspirar ao ver o quadro vazio. Nada aconteceu. Faz só três dias que eu tenho um twitter, mas ele realmente fica mais à mão. Às vezes, quando relato algum fato corriqueiro em conversa com amigos, percebo que o estou fazendo em formato de post. Só não sei porque, quando poderia postar, acabo nunca me lembrando desses detalhes!

Friday, September 24, 2010

Procuram-se

Os esmaltes com glitter da cidade de Joinville. Não sei como pode, mas hoje resolvi tirar um tempinho e rosetar pelas lojas de cosméticos do centro da cidade, e procurar se o ítem de meu interesse constava nas gôndolas. Pois absolutamente 100% das lojas de cosméticos do centro estavam com o glitter em falta, bem como a loja do sul da cidade que sempre dou uma passada, assim, quando tenho tempo.
Hoje meu dia rendeu: fui ao oftalmologista buscar minhas lentes de contato, fiz o "teste prático" e resolvi usar os 40min que me restavam de estacionamento pago para fazer esse passeio pelo centro. Na falta de encontrar meu glitter, acabei adquirindo duas novas cores para minha paleta de esmaltes. Fui ainda à minha loja de artesanatos, adquiri novas peças e marquei minhas aulas de pintura, além de ter confirmado minhas aulas de patchcolagem. Fui ainda à loja de tecidos e adquiri uma série de novos retalhos, os quais usarei em minhas novas tentativas de ser arteira.
Cheguei atrasada 40min no serviço, o que foi relativamente pouco, se avaliarmos que ainda tomei o "banho do cabelo" e me arrumei e almocei com calma.

Adivinha o que eu ganhei?

Uma viagem com tudo pago para Foz do Iguaçu! Vou com os alunos da escola onde eu trabalho visitar a usina, as cataratas e, lógico, nosso país vizinho. Tenho que cuidar para que os adolescentes não sejam muito droguinhas na viagem e aproveitar.
Aproveitarei! Uhu!

Wednesday, September 22, 2010

é só preguiça,

...mas que danada! Meus 26 anos pesam cada um aproximadamente uns 10kg, e se eu acordo cedo demais em um único dia da semana, passo o resto inteiro sofrendo para me recuperar. Já bebo moderadamente porque simplesmente o meu corpo inteirinho se ressente se eu me distraio e não percebo que atingi meu limite. Já fujo de doenças infecto-contagiosas como o diabo foge da cruz, porque fico pior que o pano sujo que tirei hoje de circulação. Já evito quase todas as atividades de alto impacto por receio de penar dias longos de recuperação...
Estou desde segunda-feira tentando me refazer. Estou tão destruída que a) recusei um convite para beber vinho acompanhada ontem à noite, b) estou agora no laboratório de informática da universidade por que não consigo me concentrar na aula (que coisa mais teenager, não?).
Preciso de mais energia, alguém me vende?

Thursday, September 16, 2010

Pegando no tranco

Recebi um SMS interestadual com letra de música. Foi tão fofo, generoso e ao mesmo tempo indecente que fiquei apalermada tentando encontrar maneira de responder, também com letra, à altura. Nessas, passei duas horas improdutiva caçando letras de música, aqui no computador do serviço, sem chegar a nenhuma conclusão. Acabei mandando uma dos Tribalistas que nem era aquilo tudo, mas diga aí, qual a melhor maneira de responder de maneira fofa, indecente e generosa o seguinte fragmento:

Não se admire se um dia
Um beija-flor invadir
A porta da sua casa
Te der um beijo e partir
Fui em quem mandei esse beijo,
Que é pra matar meu desejo
Faz tempo que não te vejo
Eu gosto mesmo é d'ocê!

Já tive mais treino que isso para as artes das indecências. Mas não tenho achado com quem treinar!

Música brega

Guarde o seu sorriso só prá mim,
que eu te dou o universo em meu olhar.
Se sentir na pele um arrepio,
são meus dedos te tocando prá te contar...

Sou fã do seu jeito
Sou fã da sua roupa
Sou fã desse sorriso estampado em sua boca
Sou fã dos teus olhos
Sou fã sem medida
Sou fã n° 1 e com você
Sou fã da vida

Guarde o seu sorriso só prá mim,
que eu te dou o universo em meu olhar.
Se sentir na pele um arrepio,
são meus dedos te tocando prá te contar...

Sou fã do seu jeito
Sou fã da sua roupa
Sou fã desse sorriso estampado em sua boca
Sou fã dos teus olhos
Sou fã sem medida
Sou fã n° 1 e com você
Sou fã da vida

Quero convencer seu coração,
que o meu amor foi feito prá você
Quero te dizer que esta paixão,
não encontra outra forma prá dizer...

Sou fã do seu jeito
Sou fã da sua roupa
Sou fã desse sorriso estampado em sua boca
Sou fã dos teus olhos
Sou fã sem medida
Sou fã n° 1 e com você
Sou fã da vida

Quando a mente não ajuda, o corpo padece

Tinha uma resenha para escrever e apresentar na terça-feira, em dupla com uma colega de sala. Na segunda, me avisaram que não teríamos aula no dia seguinte, pois todos os professores estariam em reunião de colegiado. De posse dessa informação privilegiada, fui imediatamente jantar na casa de meu amigo Koala (que não gosta de ser citado, então tem pseudônimo), e lá fiquei até quase 23h.
Ao chegar em casa, havia um e-mail dessa minha colega com quem formei dupla, confirmando nosso trabalho para o dia seguinte. Imediatamente fiquei apavorada, pois já era tarde, eu havia me enchido de pizza, cerveja e refrigerante, e não tinha condições de preparar o trabalho! (A parte que eu não tinha ele feito vocês relevam, só trabalho sob infinita pressão)
Tentei ler, mas estava complicadíssimo, o sono não deixava. Fui dormir e acordei às 6h30, na expectativa de fazer o trabalho naquele momento. Vi que estava entendendo porra nenhuma, e que 2h não seriam suficientes para elaborar o trabalho. Fiz uma escolha meio kamikase de deixar pra lá e ir dormir de novo, contando com a possibilidade de justificar na semana seguinte que achei que não havia aula (o que era verdade) e com o fato de talvez minha apresentação nem acontecer naquele dia (minha parte era a última, e os debates vinham tomando bastante tempo).
Acordei às 10h30 novamente, e fui chechar meu e-mail. Vi logo na caixa de entrada que havia e-mail da minha dupla, e antes mesmo de ler, lembrei: hoje tinha reunião de colegiado! Finalmente havia me lembrado o motivo pelo qual nossa aula havia sido desmarcada, o que me confirgurou como impossível na noite anterior e me fez dormir preocupada e acordar às 6h30 à toa!
Ando muito esquecida, característica que não me pertencia até bem pouco tempo atrás. Deve ser o excesso de atividades, não sei bem, talvez a velhice.

Desperdício...

Sou eu gastanto centenas de reais em lingeries que me deixam parecendo uma dançarina de can-can e que ninguém mais além de mim vê.

Upgrade

Dei encaminhamento a duas coisas que estava me enrolando já há um tempo: preenchi e entreguei minha ficha cadastral para o mestrado (o que foi simples e quase nem doeu), que já devia há três semanas, e o melhor, coloquei uma maquininha de Sem Parar em meu carro!
Pagando 48 reais por uma maquininha, mais 10 reais por mês, posso passar direto pelos postos de pedágio de todo o BRasil e na maioria dos estacionamentos privados também. Acho um abuso ainda mais abusivo que pagar pedágio ter que pagar 10 reais de mensalidade (fora as tarifas) para usar essa merdinha, mas como viajo semanalmente pelo litoral norte de Santa Catarina, e o verão já vem vindo, o que irei economizar de tempo e de aborrecimentos na fila do pedágio certamente me compensará.
Ando cada vez com menos paciência para ficar parada numa única tarefa, e certamente enlouqueceria no sol causticante de janeiro esperando para pagar uma tarifa com a qual não concordo. Adoro quando resolvo pendengas, me sinto super bem.
Essa semana quando fui finalmente resgatar meu gaveteiro, descobri que ele já havia sido levado por outra pessoa, e tive de me contentar com uma banqueta, uma escrivaninha, um circulador de ar, um espelho de banheiro, uma torradeira e um guarda-chuvas.
É brincadeira, lógico. Sei que ganhei bastante coisas! Teria trocado todas elas pelo colchão de solteiro extra e um gaveteiro, mas me contento por ora com esses novos ítens. Ainda tenho banqueta e escrivaninha feiosas, para poder sair pintando feito louca, então... Estou felizona!

Wednesday, September 08, 2010

Sou certamente a mestranda mais relapsa que já passou por aqueles corredores. E o pior não é isso, é que eu acho tudo tão simples, que começo a achar que não estou entendendo nada; se para todo mundo está difícil, porque justo pra mim estaria super simples?

Tuesday, September 07, 2010

Irritante

Marquei com uma pessoa hoje às 15h. Às 14h32, essa pessoa me telefona, avisando que já chegou no nosso local de encontro. Agora, me explica, o que é que eu posso fazer? Sair desembestada, porque uma pessoa sem noção chegou quase meia hora mais cedo? Deve ser porque acha que nada é mais importante que o nosso encontro né?

Quebrei-me

Gastei os tubos quando viajei para o Rio de Janeiro. Meu salário foi diminuído à metade. Tive emergências com meu carro, me mudei, e ainda por cima, a Associação dos Deficientes Físicos de Joinville me deve R$1100, os quais reluta em me pagar.
Quem quiser fazer doações de dinheiro, combustível ou mantimentos, basta deixar um comentário!

Friday, September 03, 2010

Senhorita Enxaqueca

Há mais de um ano tenho dores lancinantes no hemisfério esquerdo do célebro, parte de trás do crânio. Às vezes, sobe pra têmpora esquerda, e aí o bagulho fica nervoso, pode contar com vômito e diarréia concomitantes. Será algum linfoma? Será um aneurisma? Será um chamado da Luz?
Semana que vem vou ao oftalmologista, e convenientemente omitirei que passo mais de mês com as lentes descartáveis enfiadas em meu globo ocular, o que ele pode perfeitamente usar para atribuir às minhas dores. Mas como virei pobre, devo voltar a usar apenas óculos, e assim poderei avaliar se a motivação de minhas dores vem das vista.

Blog Archive