Total Pageviews

Wednesday, May 27, 2009

Toda vez que resolvo "vou estudar em casa e não na UFMG", o processo é bem mais lento; fico atuando em frentes diferenciadas, alternando estudo com arrumações mil e comilanças. E também, com um pouco de tevê e sonecas, é claro.
Ontem liguei na Ana Maria Braga, que apesar de chata, brega e mal-educada com os entrevistados, sempre tem uma receitinha bacana pra ensinar. Aprendi a fazer uns pãezinhos legais, mas fui atraída pelo anúncio de que contaríamos com a presença de um dentista, explicando todas as funções e necessidades das escovas de dentes. Isso pouco me abalaria, não fosse eu ter visto exatamente a minha escova de dentes no meio do mostruário de escovas a serem avaliadas.
O que pega é que é uma escova daquelas modernosas, com limpador de língua e outras funções, e que custa bem uns quinze conto no mercado. Então eu fiquei ali aguardando o veredicto.
E ele veio: o dentista afirma que essas modernosas demais, geralmente não têm boa qualidade, no que se refere ao número de cerdas e maciez necessárias para promover uma saúde bucal de longo prazo, sem traumas nas gengivas.
Fiquei, obviamente, arrasada. Então a minha escova bonita, moderna, arrojada e cara é um embuste?
E eu gosto tanto do limpador de língua dela...
Por enquanto, segurei usando-as, visto que tenho três.
Depois, quem sabe, eu me mude para uma odontologicamente correta.
Um miquinho de realejo. Descobri finalmente com o que é que ela se parece. É com um miquinho de realejo!

Thursday, May 07, 2009

Cada dia mais, o quartinho se parece com uma bolha de sabão: é quentinho, fofinho, e tendo a achar que está começando a ficar arredondado e cintilante feito uma bolhinha. É blindado de toda a chatice, toda porcariada, toda. Um oásis em tons de roxo, lilases, com uma fadinha nua de cabelos azuis, uma bonequinha russa com cristais, óleozinho de pitanga perfumando os lençóis, velinhas de chocolate sobre o móvel, e o sabonete de manga com laranja emanando seus aromas.
Ela só quer, só pensa em namorar. Cambaleia, enrola, esquece, dá piti, tudo isso. E aí eu fico puta. Mas no fundo, no fundo, eu só fico tão puta, por que vejo que eu fiquei igualzinha a ela...

Sonolença

De uns tempos prá cá, é assim: dormir cedo, acordar tarde, morrer de sono o dia todo, sonecar de tarde, ir morrendo de sono para a UFMG, e casa-dormir.
Meu mal, eu acho, é a idade...

Tuesday, May 05, 2009

Uma Superadora

Quem? Eu! Inaugurei uma nova prática que me deixa mais forte e arrojada: fui ao cinema sozinha domingo passado. Confesso que fiquei um pouco sem saber o que fazer, depois que comprei meu ingresso e ainda faltavam 15min, mas é muito legal isso de poder escolher minha poltrona, assistir, e ainda, como Amélie Poulain (que re-assisti outro dia e me lembrei) olhar para trás e ver o rosto das pessoas. Comi um baldinho de pipocas, e inclusive, fiz uma coisa que não fazia pra mais de anos: tomei Coca-Cola.
Deu tudo certo, e no final, ninguém fica reparando em ti, se saiu sozinha ou não (eu acho...).
Vitória!

Blog Archive