Total Pageviews

Thursday, February 22, 2007

Let's pack

Chega de mochilas e de viajar de repente. Domingo eu vou de malas, e tudo que for necessário.

Todo carnaval tem seu fim

Mas que merda, por que é que amanhece?

Friday, February 16, 2007

Joinville

Saí com minha mãe, sua amiga, e amiga da amiga, que já é amiga, e que se chama A. E vamos chamar A., e vamos sempre com A. , e A. disse tal coisa... Ontem fomos pegar A. em casa,quando ela entra no carro, eu a reconheço.
- A., você era professora de história?
- Sim, você foi minha aluna? Que legal!
Ela estava aborrecida com algumas coisas, e disse que não falaria palavrão por que havia uma ex-aluna no carro, e ela não poderia deixar má impressão. Disse a ela que não havia problema, pois na época, além de ela não me aturar na sala fazendo barulho o dia inteiro, ela me pegou colando na prova.
Horas mais tarde... Deixamos a Professora em casa. Só em Joinville eu saio pra tomar cerveja e acabo na mesa com a minha ex-professora de história dos tempos do ensino médio!

Carnival

Tem festa, tem bloco, tem praia, aniversário, encontros afáveis, filmes novos, amizade, cerveja, bebidas elaboradas, roupa nova, pudim de ameixa, brigadeiro e panqueca.
Foliões do mundo... bora.

Sunday, February 11, 2007

Onde há bebida...

O maluco me sai da balada, e ao invés de andar as quatro quadras pra frente que o separavam de casa, ele anda três pro lado. Chega num supermercado desses 24h, e vai parar lá no guichê de pastéis, que podes escolher o tamanho da massa, o que colocar no recheio, e ele é frito na hora. O atendente pergunta que tamanho ele quer, ele aceita o primeiro que vê. Pergunta o que ele quer dentro, ele responde "carne". Ele põe a carne e pergunta, o que mais? Ele pensa, pensa, e manda pôr catupiry. Ele pergunta o que mais, ele manda pôr mais catupiry. Ele pergunta o que mais, ele manda fechar. Enquanto o atendente sai pra fritar o pastel, ele se impacienta e resolve que não quer mais. Só que ainda tem fome, e passa em frente à gôndola das pizzas, quando tem a brilhante idéia de furar o plástico com os dedos e roubar uma calabresa decorativa de uma delas. Na sua paranóia, acha que está sendo observado, e resolve ir embora dali, não sem antes roubar mais uma calabresa. Daí enfim anda as 4 quadras que o separavam de casa, e chegando lá, fica assoviando no portão, como se alguém ali tivesse combinado codigozinho com ele.
Vida bizarra.

Saturday, February 10, 2007

Cada dia mais desapegada...

...desta vez, vim viajar sem mala. Tipo assim, sem nada. O que me espera na próxima viagem?
Passei a semana inteira fora de casa, na expectativa das aulas que começariam. Acontece que eu não tive nenhuma aula.
Mas beber a gente bebe, né? Semana que vem tento ir à aula novamente...

Monday, February 05, 2007

O beijo no asfalto

Quando o tema entrou na roda, eu nunca imaginei o quão diferentes poderiam ser as preferências de tão poucas pessoas. Como pode ter gente que gosta daquele beijo que quando acaba a pessoa precisa de um guardanapo? Ou daqueles totalmente selvagens, que te deixam na dúvida se a outra pessoa queria te beijar ou te comer, literalmente, pela boca? E aqueles sem graça, que colam os lábios um no outro, e ficam passando uma língua na outra, tudo pro lado de dentro daquele espacinho que se fez, e no máximo, de vez em quando, se giram as cabeças? E qual é a pressa, afinal? E é muito feio língua pra fora do beijo no meio da rua, hein, crianças! E ainda tem aquele lance que existem dois tipos de pessoas que beijam: as dominantes e as recessivas. Aquelas que se adaptam ao beijo, e aquelas que impõem o beijo. Eu tenho olhos azuis, sou canhota, e parece que o cabelo branco também é recessivo, ou seja...eu sou aquela que se adapta. Acho que dois recessivos fazem um beijo muito melhor que um dominante e um recessivo, por que um dá espaço pro outro. Imagina dois dominantes? Deve ser um tal de dentes batendo que dá até medo!E uma disse que não gosta de quem beija "fininho". O que é beijar fininho?

Saturday, February 03, 2007

Brincadeiras na festa

Eu voto sempre em brincadeiras de festa. Talvez seja mais um traço louco de minha personalidade, mas não sou muito fã daquelas reuniões que se faz unicamente pra trocar idéia. Acho que tem que ter dança, ou pelo menos, tem que ter brincadeiras. Sou aquela que vai embora sem ter socializado com ninguém, senão os companheiros de jogo ou de pista, e se parei pra conversar é por que perdi. Sou aquela que sempre presta atenção no DVD que tá rolando de fundo. E tenho uma sanha de conhecer os bastidores do local: quando vejo, já estou lá, na cozinha, atrás do bar, perto do som...

Hoje eu acordei meio totalitária...

Sabe aquelas brincadeiras de bêbado? Um limão-meio limão, escravos-de-jó, etc? Um amigo meu chegou com uma diferenciada.
Um patinho na lagoa tibum.
Cada um fala uma palavra. Depois da primeira rodada é dois dois patinho patinho na na lagoa lagoa tibum tibum. Três três três... E quem erra ou demora bebe. Depois do quatro, ninguém mais consegue fazer as contas. Mas como eu nasci com o gene da demência dominante, me bateu o objetivo bêbado e sem sentido de que todos "nós" (todas as pessoas da festa), deveríamos nos concentrar e chegar a DEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEZ (era assim que eu anunciava aos berros). E aí outros 4 bêbados, mais pacatos, dando o máximo de si para memorizar em que número estava, pra não errar. Conseguimos ir até a metade do 5.
Treinadora sem capacidade de estimular o time, eu, né?

Friday, February 02, 2007

Sobremesa

Um potinho de sorvete, duas colherinhas, e muita conversa. A Lua intensa e amarela feito uma lâmpada, um monte de macumbeiros na beirada da praia, e uma despedida afável. Senti falta disso!

Thursday, February 01, 2007

Friendship

Posso dormir na tua casa hoje? Se não tem outro lugar, pode né... Ó, vamos invadir sua casa! Tem duas fatias de pão e uma caixa de leite. Quer tomar café da manhã aqui? Não posso comer a ração da cachorra? A ração daqui de casa é pras cachorras decentes! Vou tomar banho. Tá precisando, hein? Já venho aí. TA CAGANDOOO! Fui cortar o rabo do macaco! Traz papel pra mim que acabou! NINGUÉM DORMEEE! Eu só assisto filmes que acrescentem ao meu intelecto. Que filme que é esse? Casanova. Bom dia, Vietnã! Hoje estás como os pedestres: na faixa! Bora sair que agora eu tô suave! Tá com fome? Tô tranqüilo! Vais tomar banho? Não, só uma ducha! Sapeca uma rapidão e sai fora! Thaís! O que tu tá fazendo aqui? Bora pra praiaaa! Tira a menina ali pra dançar que eu quero dançar com a outra! Olha, se tu já não tivesses sido, seria hoje! Que nojo, teu chiclete caiu na minha mão! Falta dançar agarrado essa música! Suco de melancia com Montilla! Me deixa ler! Todo mundo vai estudar hoje! Vou dormir na tua cama, tá? Estoura uma pipoca! Corta a melancia pra mim? Só queria dizer pra você que te amo e não tenho saídaaaa... Vai lavar a louça! Lazarenta me acorda sem almoço? Podem competir quem vai cheirar meu cangote essa noite! Conheces o pão ti-ti? Não preciso dormir na tua cama, tem espaço. O que tu estás fazendo aqui? Deu medo de fantasma! Vaza do meu MSN que é essa hora que os meus esquemas acontecem! Como diria um amigo meu... PAU NO SEU CUUUUUUUUUUUUU!

Pontos a melhorar

Vocês vão achar bem besta esse meu ponto a melhorar, mas eu também não estou nem aí pra vocês que lêem meu blog e nem me deixam recado. Eu resolvi que preciso ser mais específica no campo assunto dos meus e-mails. Eu sempre escrevo o e-mail inteiro, e no final deixo uma palavra qualquer, que só depois que leres o e-mail inteiro vais entender o porquê daquele assunto. Tem uma pessoa que sempre põe uma frase no assunto, geralmente dizendo o principal. Se eu quiser, nem preciso ler o e-mail. Acho que isso é um dom!

Blog Archive