Total Pageviews

Sunday, July 23, 2006

Puta Merda!

O Faustão deveria ser mudo! Acabou de largar que o Robson Caetano, participante e revelação da "Dança dos Famosos" tem uma "raça" que tem muita ginga. Cara, que desnecessário! Que desnecessário!

Corre Cosme Chegou...

Ouvi meus três CD's de Porto Seguro agora. Bateu aquela saudade da Bahia que se grudou em mim, feito a maresia, e me melaça a pele, e a alma.

Serviço Social...

...é foda. Tem um rígido e positivista Código de Ética que deixa bem claro que: se tu manézão não curte nem política nem confusão, deves ir fazer balé; mas não cobra essa posição da categoria. Sempre gostei muito mais dos movimentos sociais e de controle social (principalmente o movimento estudantil e o comunitário, que crio como se fosse um filho pequeno), e pouca importância dei ao trabalho das Assistentes Sociais que ficam na "linha de fogo", que seriam os projetos, os atendimentos diretos às pessoas, famílias, etc. É nessa "linha de fogo", ou nesse "atrás do balcão", que se escondem as incompetentes. Munidas de um vocabulário mais elaborado que as pessoas a quem atendem, e um pseudo-poder pelo fato de terem acesso às pessoas que fazem as coisas acontecer, mostram um trabalho incompetente, mal feito e mal acabado. E as pessoas nunca percebem isso, por não terem ciência dos direitos delas, e dos deveres das mentecaptas que se encontram à sua frente. Assim, elas seguem lépidas e fagueiras, trabalhando mal, recebendo mal, e reforçando a nossa má fama. Em contrapartida, geralmente @s Assistentes Sociais que estão envolvidas nesse jogo político e na organização da sociedade, praticamente sempre se mostram mais esclarecidas, oxigenadas e decentes, até por terem o seu trabalho muito mais publicizado.
Foi com base nisso que eu também resolvi ir trabalhar na "linha de fogo": está precisando muito mais de gente competente que os movimentos sociais. Sim, eu me acho competente. E bastante, por sinal.

E Agora, José?

Dentro de dois meses, começo a escrever O Tal de Tececê. Devido a uma proposta interessante de trabalho, não vou mudar de estágio e nem de área de atuação, só que isso me bloqueia na criação da monografia. Por ser vinculado à proteção da criança e do adolescente, o assunto é batido pra caralho. O que será que eu vou fazer?
Meu curso nunca me ofereceu disciplina que me ensinasse o que é que se exige neste trabalho, como se faz a pesquisa, se escolhe a pesquisa e etc. E eu agora estou praticamente saindo da Universidade sem idéia de como fechar a etapa. Considero a hipótese de fazer trabalho voluntário ou um outro estágio, só pra poder escrever coisa que preste, ou que me chame de verdade.

Thursday, July 20, 2006

Sobre meu Carro

E eu nem comentei aqui no blog que já tem mais de mês que estou de carro em Flops. A minha mãe comprou um novo, e me deu o seu Ka velho. Lembro que na primeira noite de domingo que ele chegou... Eu nem dormi à noite, preocupada com o fato de ter que dirigir no meio do trânsito de segunda de manhã na SC 401 e só peguei no sono às 5h da manhã. Hoje? Pff... A 110km/h é que é gostoso de passar ali. Ele é 1.0 e sofre pra caralho em qualquer ladeirinha, e além disso, por algum "detalhe" de rotação, ele pode morrer se eu precisar frear repentinamente em uma velocidade mais alta. Mas me leva pros mesmos lugares que qualquer outro carro me levaria, não é verdade?
Hoje foi a primeira vez que atravessei a Ponte, pois precisava encontrar uns amigos que me trouxeram encomendas de Joinville. Billy Junior, que ainda não tinha andado comigo de carro, comportou-se satisfatoriamente. E as pessoas estavam perfumadas demais, e me deixaram seus perfumes até agora. Será que eu também deixo meu perfume importunando as pessoas quando as abraço? Eu só quero que sintam o cheirinho quando eu as abraço, não que o carreguem por aí pelo resto do dia. É desagradável!

Tuesday, July 18, 2006

Teclado Novo

Ele é macio e gostoso. E além disso, limpinho. Incomparável com aquela lixarada que usava.

Sou Feliz

Não teve inverno praticamente este ano, e isto reflete diretamente na minha disposição. Quando o frio ameaçava os nossos dias, me pirulitei pra Espanha e quando voltei já estava uma temperatura amena. E desde então, graças a Deus, não fez mais frio, e de vez em quando, até um calorzinho tem feito.
Calor e solzinho faz feliz, dá disposição e boa vontade pra viver a vida.

Saturday, July 08, 2006

Pórra

Essa novela do Manoel Carlos nem começou ainda e o José Mayer já tá com duas!

Tuesday, July 04, 2006

Cuma?

Diz que agora os cemitérios estão superlotados. Eu acho que os cemitérios deveriam ser os primeiros lugares pelos quais começar a reforma agrária. Terra ocupada por ossos e mármore sem o menor sentido, e ainda por cima deve estar adubadíssima. Crentes ou não na morte ser "apenas uma viagem", geralmente entendem que a morte é um fato e que não tem ninguém lá embaixo pra receber flor nem ouvir lamúrias. Esse é o meu voto.

Sunday, July 02, 2006

Só por Postar

Obrigada a quem lembrou de meu aniversário... Salvo uma ou duas pessoas assim, "mais importantes", todas lembraram. Beijos.

Blog Archive